-BLOG NÃO OFICIAL-

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

AVISO IMPORTANTÍSSISSISSIMO!!!

- Sábado próximo (26/02) não haverá ensaio dos Adoles.
Motivo: Saída dos Jovens para Cerquilho.

- Haverá ensaio extraordinário no próximo domingo (27/02) as 10:30h para ensaiar o hino de cantar no Culto a noite (Hino: Se isso não for amor).

RECADO DA KEILINHA, AMORES MEUS.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Correção A PAGANIZAÇÃO DO CRISTIANISMO



Amores da minha vida, eu inverti a questão da quaresma e do carnaval.

Disse que primeiro eles se "santificam" 40 dias, para depois cair na carne, mas, na verdade, é o contrário: primeiro ele caem com mmmmto gosto na carne, pois já sabem que virá a quaresma (tradição da Igreja Católica segundo a qual não se pode comer carne por 40 dias), época na qual eles se "santificam", não comendo carne, que "é o corpo de Cristo". Era para ser este um período de oração, de dar esmolas e pratricar a penitência (que inclui a auto-flagelação). A quaresma tem seu iníco na quarta-feira de cinzas. Ela termina na quinta-feira santa, celebraçã da última ceia pelo Senhor Jesus Cristo, mas na sexta-feira, embora a quaresma já tenha terminado, é pecado comer carne, viu?, gente?, só pode comer peixe. Aí vem a páscoa, data esta que deve realmente ser comemorada pelos cristãos, pois Jesus morreu pra nos salvar, mas, ao terceiro dia, ressuscitou. Aleluia!

Piadinha: após pecarem à vontade, incentivados pela igreja e pelo mundo (diabo), os católicos têm a quarta-feira de cinzas, pra chorar os mortos no carnaval (mortos físicos e espirituais). Na verdade, os católicos (uma vez que eles instituiram isso) deveriam tratar a quarta-feira de cinzas como um dia para se lembrar a mortalidade da própria mortalidade. Missas são realizadas tradicionalmente nesse dia nas quais os participantes são abençoados com cinzas pelo padre que preside à cerimónia. O padre marca a testa de cada celebrante com cinzas, deixando uma marca que o cristão normalmente deixa em sua testa até ao pôr do sol, antes de lavá-la. Esse simbolismo relembra a antiga tradição do Médio Oriente de jogar cinzas sobre a cabeça como símbolo de arrependimento perante Deus (como relatado diversas vezes na Bíblia). No Catolicismo Romano é um dia de jejum e abstinência.

Peca-se deliberadamente no carnaval e "arrepende-se" na quarta-feira de cinzas. Que prático, né?

Para a Igreja Católica, as tradições que ele impõe têm o mesmo ou maior valor que a Bíblia.

Desculpem a troca nas informações.

Amo vcs mto mto mto mto.