-BLOG NÃO OFICIAL-

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Os seres angelicais

Meus amados, como combinado, seguem algumas parcas explicações sobre os anjos. A informações se baseiam, especialmente, na Teologia Sistemática de Eurico Bergstén.

Diante do estudo sobre os anjos, convém lembrar que a Bíblia é a ÚNICA fonte que nos dá conhecimento sobre esta importante doutrina.

A Bíblia revela que existe entre os anjos dos céus uma ordem hierárquica, uma relação de subordinação entre as diferentes categorias. Colossenses 1.16 menciona essa graduação em ordem decrescente, e Efésios 1.21 a menciona em ordem crescente. A graduação de autoridade entre os anjos corresponde às suas diferentes funções.

Os anjos maus também obedecem a uma ordem hierárquica, sob o domínio de Satanás.

ANJOS "COMUNS"

São "o exército de Deus". São os servidores celestiais de Deus. A palavra "anjo" significa "mensageiro".

OS VINTE E QUATRO ANCIÃOS (Ap 4.4-10; 5.5-14; 7.11-13; 11.6; 14.3; 19.4; 21.12 e 14)

Estão junto ao trono de Deus. Eles representam a Igreja de Deus de todos os tempos. Doze anciãos representam a igreja do Velho Testamento (as doze tribos de Israel) e doze anciãos representam a igreja do Novo Testamento (os doze apóstolos do Cordeiro).

OS QUERUBINS (Hb 9.5; Êx 25.19; 26.1 e 31, além de inúmeras outras passagens)

Também são chamdos de "querubins da glória".

Deus ordenou que fossem feitos dois querubins de outro para, em uma só peça, fazerem parte do propiciatório, acima da arca, o lugar mais sagrado do culto divino no Velho Testamento. Deus mandou também que fossem bordados querubins, de obra prima, sobre o véu, bem como nas cortinas do tabernáculo.

OS QUATRO SERES VIVENTES (Ap 4.6-9; Ez 10.20)

Eles se destacam entre os QUERUBINS. Sempre se acham ao redor do trono de Deus e do Cordeiro e estão cheios de olhos por diante e por detrás.

OS SERAFINS

São mencionados uma única vez, em Is 6.1-6. Possuem três pares de asas: com duas voam, com duas cobrem o rosto em reverência diante de Deus, e com duas cobrem os pés, para que as suas próprias obras não apareçam.

ARCANJO (Jd 9; Ap 12.7; Dn 10.13 e 21; 12.1; 1 Ts 4.16)

Sim, no singular, pois a Bíblia fala de apenas UM arcanjo: Miguel. É o anjo de mais autoridade sobre os anjos comuns. Ele acompanhará o arrebatamento da Igreja.

SATANÁS

Em hebraico, significa adversário.

DIABO

Em grego, caluniador.

Convém observar a distinção, do original grego, entre um demônio, isto é, um espírito imundo, e o diabo, o espírito supremo do mal e da injustiça.

Também chamado (na Bíblia, é claro) Abadom e Apoliom, Belzebu, Belial, o Maligno, a antiga serpente, o acusador dos filhos de Deus, o deus deste mundo (século), o enganador, a fonte de todo mal, homicida desde o princípio, o maioral dos demônios, o príncipe das potestades do ar, o pai da mentira, sagaz, astuto, dragão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário